30 julho 2007

Bipolaridade...

Segundo estudos publicados no Journal of Biological Psychiatry, os doentes bipolares sofrem perdas de tecido cerebral nas áreas que controlam a memória, o reconhecimento facial e a coordenação. A perturbação bipolar é caracterizada pela alternância entre períodos de depressão e euforia.
Os resultados mostraram que há sempre, ao longo do tempo, perda de uma pequena quantidade de tecido cerebral, o que suporta a ideia de que a função cognitiva está debilitada nos pacientes bipolares de meia idade.
Além da euforia e depressão, a bipolaridade também pode provocar alucinações e aumenta o risco de suicídio.
Enviar um comentário