28 junho 2007

Produção de plástico biodegradável

A Universidade de Oregon, nos Estados Unidos da América, descobriu um método para obter plástico biodegradável a partir de resíduos provenientes da fabricação de biodiesel e vinho.
A ideia é aproveitar a glicerina que se produz no processo de obtenção de biodiesel e, no caso do vinho, o ácido tartárico, para criar um plástico amoldável e biodegradável com múltiplas aplicações, tais como móveis e isolamentos.
A quantidade de glicerina proveniente da fabricação de biocombustíveis representa um grave problema nesta área. A sua utilização na fabricação de produtos cosméticos, alimentares e farmacêuticos não é suficiente para reutilizar a abundância resultante do fabrico de biodiesel.
Outros estudos caminham na possibilidade de utilizar a glicerina como matéria-prima para a indústria química, alimentação animal ou para produzir mais biocombustíveis.
Enviar um comentário