12 setembro 2013

Nuno Crato no Jornal da Noite na SIC

Caríssimo,

Com o devido respeito que lhe é devido, deixe-me que lhe diga uma coisa, acerca da comparação que fez entre os professores do quadro de uma escola e os trabalhadores do quadro de uma empresa.

É verdade os professores do quadro já estão no quadro e pronto! Não se mexe neles... Se isto acontecesse em qualquer empresa e com funcionários do quadro?? Aahahahah. Eles eram avaliados, tal como, "os contratados de segunda" e digo-lhe mais se não passassem na "prova", iam de vela ainda mais depressa que o simples contratado... e sabe porquê? Certamente não. Porque ganham muito mais para fazerem o mesmo...

Permita-me que lhe reconheça alguma razão efetivamente, pois se fosse avaliar os professores do quadro (aqueles de primeira) possivelmente iria ver/ler/ter alguns resultados surpreendentes, aliás basta ver o nível das habilitações dos contratados (de segunda) comparativamente aos de primeira...

Termino com um simples fodasssssse!




Enviar um comentário